Portugal pode adiar toma da segunda dose para vacinar mais 200 mil pessoas - Plataforma Media

Portugal pode adiar toma da segunda dose para vacinar mais 200 mil pessoas

A DGS e o Infarmed estão a estudar o adiamento da segunda toma da vacina contra a covid-19, por um período máximo de duas semanas, para que mais 200 mil pessoas possam ser vacinadas até ao final do mês de março, devido aos problemas de fornecimento por parte das farmacêuticas.

“Está a ser estudado, a meu pedido, pela Direção-Geral da Saúde e pelo Infarmed, o alargamento deste período por duas semanas, de forma a conseguirmos antecipar a vacinação a cerca de 200 mil pessoas. É muito importante pelos 70% da proteção que pode dar. Reforçar a vacinação uma ou duas semanas mais tarde praticamente não vai fazer grande variação no processo de defesa da pessoa que já foi vacinada com a primeira dose”, defendeu o vice-almirante Henrique Gouveia e Melo, líder do grupo de trabalho para a vacinação contra covid-19 em Portugal, esta quarta-feira de manhã, durante uma audição na comissão de Saúde, no Parlamento.

Leia mais em Jornal de Notícias

Related posts
PolíticaPortugal

Covid-19: DGS responde a Marcelo e explica isolamento do primeiro-ministro

PortugalSociedade

Portugal: Entradas só com vacinas aprovadas pela Europa

PortugalSociedade

Testes recomendados em casamentos e batizados, eventos desportivos e empresas

PortugalSociedade

DGS atualiza normas e dá início a vacinação de quem tem entre 16 e 79 anos

Assine nossa Newsletter