Especialistas avisam que a imunidade de grupo ainda está longe - Plataforma Media

Especialistas avisam que a imunidade de grupo ainda está longe

Velocidade de imunização e duração da proteção são entraves; há discussão se a reabertura deve acelerar após os mais vulneráveis já estarem vacinados

A tão esperada imunidade de rebanho, que pode recolocar as atividades sociais próximas ao normal, não deve ser atingida neste ano, mesmo com o avanço da vacinação contra a Covid-19.

O entendimento vem ganhando força entre pesquisadores nos Estados Unidos, devido especialmente à insuficiente velocidade na vacinação e à possibilidade do surgimento de novas variantes, mais transmissíveis e agressivas. Modelos estatísticos reforçam essa avaliação.

O panorama pessimista levanta a discussão de como as sociedades deverão agir nos próximos meses, dado que a proteção ideal não deve vir tão cedo. A questão discutida é se será possível retomar atividades sociais a partir do momento que populações vulneráveis já estejam vacinadas, sem esperar que o patamar de imunização geral esteja perto de 80% .

Leia mais em Folha de S.Paulo

Artigos relacionados
MundoSociedade

Mercado clandestino vai forçar produção de vacinas genéricas

PortugalSociedade

Mais 58 mortes e 1027 novos casos nas últimas 24 horas

BrasilSociedade

Primeiro caso de covid-19 no Brasil completa um ano

PortugalSociedade

Número de mortes diárias cai para 49. Há 1160 novos casos de Covid-19 em Portugal

Assine nossa Newsletter