Angolanos não precisam ir ao exterior do país para o implante de pacemaker - Plataforma Media

Angolanos não precisam ir ao exterior do país para o implante de pacemaker

Segundo o especialista em cardiologia, José Ricardo, o Marcapasso ou pacemaker é um dispositivo médico que tem como objectivo regular os batimentos cardíacos nas situações de arritmias. Vulgarmente chamado de pilha do coração, já é feito no nosso país desde 2005. Por isso, afirmou ao jornal OPAÍS que não existem razões técnicas para que os angolanos se desloquem ao exterior do país para implantar esses dispositivos

José Ricardo disse, em entrevista exclusiva a este jornal, que uma cirurgia para implantação do marca-passo consiste na abertura da parte superior do tórax (direito ou esquerdo) próximo à articulação do ombro, por onde se localiza uma veia, onde é introduzido um ou mais electro- cateteres que, afixados no coração, abre-se um espaço entre a pele e o músculo onde fica o gerador (marca-passo ou pilha) após ser conectado ao (s) electrocateter (es).

Segundo o especialista em cardiologia, pode ser implantado também na cavidade abdominal, sendo as principais indicações para a implantação do marca-passos, as bradiarritmias (arritmias que cursam com frequências cardíacas baixas, isto é, batimentos cardíacos lentificados ou com pausas).

Leia mais em O País

Artigos relacionados
Angola

Supermercados Kero podem ter novos donos este ano

AngolaPolítica

Angola prevê vacinar 53 por cento da população

AngolaCultura

Projecto cultural cria espaços de recreação na comunidade

AngolaSociedade

Detida suspeita de abandonar recém-nascido na via pública em Luanda

Assine nossa Newsletter