Luanda está "sufocada" de lixo devido a dívida de milhões - Plataforma Media

Luanda está “sufocada” de lixo devido a dívida de milhões

Duzentos e 46 mil milhões de kwanzas é o montante em que está avaliada a dívida que o Governo Provincial de Luanda (GPL) tem para com as empresas de limpeza e saneamento que operam na capital do país, revelou Joana Lina Ramos Baptista Cândido.

A governadora de Luanda disse, ao intervir na primeira Sessão Ordinária do Conselho de Auscultação da Comunidade, que começou a sentir- se pressionada pelas empresas operadoras de lixo quando estava apenas há 15 ou 20 dias no exercício das suas funções. Foi gerindo a situação da melhor forma possível para cobrir os enormes atrasos no pagamento da prestação de serviço que já vinham há vários anos.

Explicou que, com muito esforço, se conseguiu fazer alguns pagamentos através do Tesouro Nacional, ou seja, do Ministério das Finanças. No entanto, entre Outubro a Novembro, as empresas enviaram uma carta ao GPL informando que, a partir dos primeiros dias de Dezembro de 2020, suspenderiam as suas actividades.

Nesta senda, o GPL conversou com cada uma das empresas explicando as dificuldades financeiras e a incapacidade de liquidar a dívida que já ascendia a 246 mil milhões de kwanzas (cerca de 310 milhões de euros).

Leia mais em O País

Este artigo está disponível em: English

Artigos relacionados
AngolaSociedade

Amontoados de lixo em Luanda ameaçam saúde e incomodam moradores

AngolaSociedade

Moradores vão pagar pela recolha do lixo em Angola

Assine nossa Newsletter