Vacina adaptada a variantes pode levar até 9 meses, diz AstraZeneca - Plataforma Media

Vacina adaptada a variantes pode levar até 9 meses, diz AstraZeneca

Estudos iniciais mostraram que imunizante protege menos contra casos leves e moderados de Covid-19 provocados por novos mutantes; para OMS, produto deve ser usado para evitar mortes

Uma vacina mais eficaz contra variantes do SarsCov2 consideradas preocupantes, como a P.1 (encontrada no Brasil), pode levar de 6 a 9 meses para ser produzida, afirmou nesta quinta (11) a AstraZeneca, empresa farmacêutica que desenvolveu com a Universidade de Oxford o imunizante usado hoje no programa do governo federal brasileiro.

A estimativa foi feita durante anúncio de resultados financeiros do laboratório em 2020. A necessidade de um imunizante mais adequado aos mutantes do coronavírus cresceu depois que dados iniciais mostraram proteção menor contra a variante B.1.351 (encontrada na África do Sul), em relação a casos leves e moderados da doença.

Leia mais em Folha de S. Paulo

Artigos relacionados
Mundo

Alemanha adota plano de suspensão progressiva do confinamento

ChinaMundo

Milhares de vacinas falsas apreendidas na África do Sul e China

MundoSociedade

Covid-19: Debaixo de críticas, Bruxelas quer agilizar candidaturas de vacinas

Política

Tóquio pede a Pequim o fim de testes anais de covid em seus cidadãos

Assine nossa Newsletter