Em aula online sobre racismo na USP, tenente-coronel da PM é chamado de 'macaco' - Plataforma Media

Em aula online sobre racismo na USP, tenente-coronel da PM é chamado de ‘macaco’

Evanilson Corrêa de Souza foi alvo de ataque racista em conferência internacional de segurança pública.

Um tenente-coronel da Polícia Militar de São Paulo convidado para ministrar uma aula sobre racismo sofreu uma série de ataques racistas durante uma conferência internacional online de segurança pública.

Evanilson Corrêa de Souza se preparava para ministrar sua palestra quando um de seus slides da apresentação foi invadido com rabiscos e a palavra “macaco”.

Os ataques contra o oficial ocorreram na tarde desta terça-feira (9) na 1ª edição do curso de Segurança Multidimensional das Fronteiras, da Redppol (Rede Interamericana de Desenvolvimento e Profissionalização Policial), que será realizado até o dia 26 deste mês.

O evento está sob o guarda-chuva do Instituto de Relações Internacionais da USP (Universidade de São Paulo) e tem parceria da Universidade Presbiteriana Mackenzie e do Ministério da Justiça e Segurança Pública do governo Bolsonaro (sem partido).

Leia mais em Folha de S.Paulo

Artigos relacionados
PortugalSociedade

Investigação da PJ provou ódio racial no homicídio de Bruno Candé

Cabo VerdeLifestyle

Primeira bailarina negra na Staatsballet Berlim luta contra o racismo no 'ballet'

BrasilSociedade

Juízes negros brasileiros unem-se contra desigualdade racial nos tribunais

BrasilDesporto

Funcionários denunciam suposto caso de racismo e assédio moral no Santos

Assine nossa Newsletter