Trump rejeita testemunhar sob juramento no processo de destituição - Plataforma Media

Trump rejeita testemunhar sob juramento no processo de destituição

O antigo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, rejeitou aceder ao pedido dos democratas para testemunhar sob juramento no processo de destituição que decorre no Senado, sobre o incitamento do republicano na invasão ao Capitólio.

A informação foi avançada por Jason Miller, um conselheiro do antigo chefe de Estado norte-americano. Apesar de os democratas não poderem obrigar Trump a testemunhar no seu próprio processo de “impeachment”, era um esforço adicional para deixar registado nos livros da História do país o episódio que ocorreu em 6 de janeiro.

No dia em que o Congresso certificava a vitória do democrata Joe Biden nas presidenciais de 3 de novembro de 2020, vários apoiantes do então presidente cessante rumaram ao Capitólio depois de um discurso de Trump que incitava a “combaterem até ao inferno” e resistirem a aceitar os resultados das eleições.

Seguiu-se uma tentativa de insurreição, com apoiantes do presidente a invadirem o edifício do Congresso, interrompendo a certificação de Biden. O episódio obrigou os congressistas a abandonarem o edifício. Cinco pessoas morreram.

Leia mais em TSF

Artigos relacionados
MundoPolítica

Presidência Trump deixou democracia dos EUA ao nível do Panamá

CulturaMundo

Seis livros de Dr. Seuss descontinuados nos EUA por serem racistas e insensíveis

Política

Donald Trump e Melania vacinados contra a covid-19 antes do fim do mandato

ChinaMundo

Direitos humanos: Pequim vai publicar relatório que visa Estados Unidos

Assine nossa Newsletter