Macau sem cirurgias ao coração e pulmões - Plataforma Media

Macau sem cirurgias ao coração e pulmões

Quem precise de uma operação urgente ao coração ou aos pulmões corre risco de vida porque não existem em Macau cirurgiões especialistas nestes procedimentos. Normalmente, vinham de Hong Kong todas as semanas. Agora não podem devido à pandemia.

Os Serviços de Saúde de Macau (SSM) não conseguem proporcionar as operações de cirurgia cardíaca e cirurgia torácica, colocando em risco, em contexto de pandemia, vidas humanas. Habitualmente, antes do coronavírus, era prática a vinda de médicos de Hong Kong para executar estas operações. Contudo, as restrições fronteiriças impedem a deslocação dos cirurgiões da ex-colónia britânica.

As operações em causa consistem numa intervenção profunda que exige especial perícia e experiência da questão. Trata-se do que popularmente se designa por “peito aberto”, sendo o termo oposto aplicado a cirurgias aos pulmões, que se efectuam pelas costas. Ora tanto os médicos especialistas, filhos de Macau como estrangeiros, têm demonstrado alguma relutância em permanecer na RAEM. Os SSM optaram então por mandar vir gente de Hong Kong para suprir as necessidades, com uma regularidade semanal ou bi-semanal.

Leia mais em Hoje Macau

Artigos relacionados
MacauSociedade

Covid-19: Mais de 25 mil residentes de Macau marcaram vacinação, menos de 4% da população

MacauSociedade

Maiores de 60 anos não vão poder receber vacina Sinopharm

MacauSociedade

2500 pessoas no primeiro dia de vacinação geral contra o Covid

MacauSociedade

2.200 marcações para primeiro dia de vacinação geral contra a Covid

Assine nossa Newsletter