Covid-19: Vacinação em Israel mostra taxa extremamente baixa de infeções - Plataforma Media

Covid-19: Vacinação em Israel mostra taxa extremamente baixa de infeções

Só 0,04% das pessoas contraíram o vírus após a segunda dose e apenas 0,002% precisaram de tratamento hospitalar.

É um otimismo imbatível: estudos em Israel sugerem que as fases iniciais das campanhas de vacinação contra a covid-19 podem ter diminuições marcantes em infeções e casos de internamento. Os resultados, citados pelo jornal inglês The Guardian, deixam os especialistas “muitos satisfeitos” com a eficácia das vacinas na redução da pandemia do coronavírus.

Com um em cada três israelitas já vacinados, uma fração muito maior do que a de qualquer outro país, Israel, que tem 9,1 milhões de habitantes, parece ser o melhor estandarte para o lançamento mundial da vacina.

Leia mais em Jornal de Notícias

Artigos relacionados
MundoSociedade

Mercado clandestino vai forçar produção de vacinas genéricas

PortugalSociedade

Mais 58 mortes e 1027 novos casos nas últimas 24 horas

BrasilSociedade

Primeiro caso de covid-19 no Brasil completa um ano

Eleitos

Libertar Portugal dos constrangimentos na vacinação à COVID-19

Assine nossa Newsletter