Governo português admite transferir doentes para outros países - Plataforma Media

Governo português admite transferir doentes para outros países

A ministra da saúde admitiu que o governo está a “acionar todos os mecanismos” a nível internacional, face à situação da pandemia, com objetivo de garantir a melhor assistência aos doentes de covid-19.

“O Governo português está a acionar todos os mecanismos de que dispõe, designadamente no quadro internacional, para garantir que presta a melhor assistência aos utentes”, afirmou Marta Temido, num programa de informação da RTP sobre a pandemia.

Questionada pela jornalista Fátima Campos Ferreira sobre se o governo está a “equacionar pedir ajuda internacional, ajuda europeia, enviar doentes” para outros países, a ministra considerou que Portugal, geograficamente, tem uma “situação distinta” de outros países do centro da Europa, onde, “mesmo em situação normal, aspetos como a circulação transfronteiriça de doentes já acontece como uma realidade simples”.

“Estamos num extremo de uma península e, portanto, com maiores constrangimentos geográficos, mas de qualquer forma, há mecanismos e há formas de obter auxílio e de enquadrar formas de colaboração e, naturalmente, que as estamos a equacionar”, admitiu Marta Temido, ao considerar que é preciso ter a “consciência de que a situação europeia é toda ela preocupante”.

Leia mais em Diário de Notícias

Artigos relacionados
PolíticaPortugal

"É fundamental um plano de desconfinamento" para a retoma da economia

PolíticaPortugal

Portugal vai comprar cerca de 38 milhões de vacinas

PolíticaPortugal

Mais de metade da população considera que os políticos não devem ter prioridade na vacinação

PortugalSociedade

Reino Unido e Itália com mais impacto no início da pandemia em Portugal

Assine nossa Newsletter