Partido conservador alemão aposta na continuidade com a era Merkel - Plataforma Media

Partido conservador alemão aposta na continuidade com a era Merkel

Armin Laschet, um moderado defensor de continuar com a linha política de Angela Merkel na Alemanha, foi eleito neste sábado (16) presidente do partido político da chanceler, o partido conservador CDU.

Com uma maioria de 521 votos a favor sobre um total de 1.001, Armin Laschet, de 59 anos, recebeu mais apoios que Friedrich Merz (466 votos), rival histórico da chanceler e favorável a um giro à direita no partido, segundo os resultados desta votação interna.

Essas eleições no CDU são decisivas para o futuro da Alemanha, já que o vencedor – neste caso, Laschet – ocupa uma boa posição para ser o candidato a chanceler do partido nas eleições legislativas de 26 de setembro e ser o sucessor de Merkel, que está no poder desde 2005.

Mas a presidência do CDU não lhe garante automaticamente esse privilégio, já que o líder do partido para as eleições é designado posteriormente e pode haver outros pretendentes ao cargo.

Os 1.001 delegados do partido tiveram que escolher entre Laschet, Merz e o independente Norbert Rottgen. Os três vêm da mesma região, Renania do Norte-Westfalia, mas seus perfis são muito diferentes.

Laschet substitui no cargo a que foi considerada por muito tempo a mão direita de Merkel, Annegret Kramp-Karrenbauer, que a sucedeu na presidência em 2018 e renunciou em 2020 por não conseguir unir as fileiras do partido.

Essas eleições no CDU foram adiadas várias vezes por culpa da pandemia do coronavírus.

Artigos relacionados
Política

Merkel propõe flexibilizar restrições pela pandemia na Alemanha a partir de 8 de março

Política

Três homens na corrida a líder da CDU. Para suceder a Merkel o favorito é outro

Política

Votação essencial para sucessão de Angela Merkel na Alemanha

MundoPolítica

Presidência da UE. Portugal lidera em "momento crucial"

Assine nossa Newsletter