No primeiro dia de confinamento, 60% das pessoas saíram à rua - Plataforma Media

No primeiro dia de confinamento, 60% das pessoas saíram à rua

No primeiro dia de confinamento, menos de 40% da população ficou em casa, e a empresa PSE, que faz estudos de mobilidade, não espera que os níveis de confinamento atinjam as percentagens de março ou abril.

No primeiro dia de confinamento, 60% da população portuguesa não ficou em casa, de acordo com os dados da empresa PSE, que faz estudos de mobilidade.

O analista de dados Nuno Santos afirma mesmo que as medidas do Governo tiveram um impacto muito reduzido no comportamento dos cidadãos. “O que tivemos foi um confinamento de 39,5% da população”, adianta Nuno Santos, em declarações à TSF. Trata-se de um número reduzido, quando comparado com o “valor natural de confinamento”, isto é, com as estatísticas dos dias que precederam o novo regime mais restritivo. “No dia anterior, o confinamento foi de 33%. Nós já sabemos hoje que existe uma fatia da população que está sempre em confinamento.”

Leia mais em TSF

Artigos relacionados
PolíticaPortugal

Confinamento. Governo tenta sacudir pressão para reabrir escolas

EconomiaPortugal

Novo confinamento custa pelo menos 1000 milhões de euros a Portugal até final de março

ChinaHong Kong

Confinamento reforçado

China

Hong Kong vive primeiro confinamento, em um bairro por 48 horas

Assine nossa Newsletter