Negativa da Índia de envio de vacinas Oxford deixou Brasil sem prazo para receber o imunizante - Plataforma Media

Negativa da Índia de envio de vacinas Oxford deixou Brasil sem prazo para receber o imunizante

A Fiocruz, que previa as primeiras doses em fevereiro, já trabalha com o calendário de março ou mais

negativa da Índia de enviar ao Brasil as vacinas de Oxford de forma emergencial neste mês deixaram o país sem prazo definido para receber o imunizante. A Fiocruz, que anunciou a possibilidade de que as primeiras doses chegassem no país em fevereiro, agora já trabalha com o calendário de março —ou até mais.

ESPERA

A instituição trabalhava com a chegada do IFA (Ingrediente Farmacêutico Ativo) da vacina encomendado por ela para disponibilização no seguinte fluxo: 15 milhões de doses em fevereiro, 50 milhões em abril e 100 milhões em julho. A partir de então, o IFA será produzido por ela no Brasil.

Leia mais em Folha de S. Paulo

Artigos relacionados
MacauSociedade

1º lote da BioNtech em Macau. Vacinação a partir de quarta

MacauSociedade

Vacina da BioNtech chega hoje a Macau e começa a ser usada dia 3

MundoSociedade

Amplo estudo confirma eficácia de 94% da vacina da Pfizer contra a covid

MacauSociedade

Maiores de 60 anos não vão poder receber vacina Sinopharm

Assine nossa Newsletter