Eleição no Uganda marca conflito de gerações entre um cantor pop e um ditador - Plataforma Media

Eleição no Uganda marca conflito de gerações entre um cantor pop e um ditador

País foi às urnas para decidir se concede poder a popstar ou mantém líder que está há 35 anos no poder

De um lado, um ditador que está há 35 anos no poder e almeja o sexto mandato consecutivo. De outro, um famoso cantor de reggae que personifica os anseios de uma jovem geração de ugandenses que nunca viveu sob outra liderança política.

A disputa presidencial em Uganda opõe o atual titular do cargo, Yoweri Museveni, 76, e o desafiante Bobi Wine, 38. Os dois representam projetos políticos distintos e disputaram, nesta quinta-feira (14), os votos de quase 18 milhões de eleitores registrados no país onde cerca de 75% da população tem menos de 30 anos.

Para Museveni, somente seu governo pode garantir estabilidade e progresso, enquanto Wine seria um novato qualquer apoiado por governos estrangeiros e homossexuais —o ditador já deu várias declarações homofóbicas e, em Uganda, ainda é crime ser LGBT.

Leia mais em Folha de S.Paulo

Assine nossa Newsletter