Covid-19 leva a explosão nas vendas de dispositivos de monitorização da saúde em casa - Plataforma Media

Covid-19 leva a explosão nas vendas de dispositivos de monitorização da saúde em casa

Só nos Estados Unidos, o mercado atingiu os 632 milhões de dólares em 2020, ou seja, 519,4 milhões de euros.

As alterações provocadas pela pandemia de covid-19 no ano passado deram um impulso decisivo ao setor da “saúde digital”, disse a diretora de pesquisa da Consumer Technology Association (CTA), Lesley Rorhbaugh, durante uma apresentação no CES 2021.

Entre os números mais impressionantes do novo relatório da associação para a indústria está a subida de 73% nas vendas de dispositivos de monitorização da saúde em casa em 2020, algo que está associado diretamente à pandemia.

“A crise da covid-19 trouxe um novo foco na monitorização da saúde, para lá do exercício físico”, disse a responsável. “Os aparelhos conectados oferecem a possibilidade de rastrear o progresso ao longo do tempo, tornando-os ideais para gerir doenças de longo prazo e condições crónicas.”

Segundo Rorhbaugh, estes dispositivos conectados de monitorização de saúde abrangem aparelhos ligados a aplicações que registam o batimento cardíaco, tensão arterial, temperatura corporal e outros, muitos dos quais foram aprovados pelo regulador do sector, FDA.

Leia mais em Dinheiro Vivo

Artigos relacionados
PolíticaPortugal

Ministro das Finanças testa positivo à Covid-19

AngolaSociedade

Começa hoje em Angola a testagem obrigatória dos passageiros vindos do exterior

BrasilSociedade

Governo brasileiro usa avião para levar oxigénio para Manaus

MoçambiquePolítica

Ataques em Cabo Delgado. UE pondera criar missão de formação das Forças Armadas em Moçambique

Assine nossa Newsletter