"Ainda bem". Biden reage à decisão de Trump em não comparecer à tomada de posse - Plataforma Media

“Ainda bem”. Biden reage à decisão de Trump em não comparecer à tomada de posse

“É uma das poucas coisas em que ele e eu estamos de acordo”, disse o presidente eleito, que acusou ainda a administração Trump de estar a fazer da distribuição da vacina contra a covid-19 “uma farsa”

Joe Biden saudou o anúncio de Donald Trump, esta sexta-feira, de que não comparecerá à tomada de posse de Biden agendada para 20 de janeiro, dizendo tratar-se de “uma coisa boa”.

“Disseram-me no caminho para cá que ele indicou que não iria aparecer na tomada de posse. Ainda bem”, disse o presidente eleito em Wilmington, Delaware.

“É uma das poucas coisas em que ele e eu concordamos. Ainda bem que ele não vai comparecer”, afirmou Biden. “Ele tem sido uma vergonha para o país.” Biden disse, no entanto, que o atual vice-presidente Mike Pence seria “bem-vindo” na cerimónia de passagem de poder.

O presidente eleito recusou-se a opinar sobre um possível processo de impeachment de Donald Trump, afirmando que é um assunto que cabe ao Congresso, onde a líder democrata da Câmara dos Representantes, Nancy Pelosi, tem manifestado a intenção de avançar com um processo de destituição do presidente cessante.

Leia mais em Diário de Notícias

Artigos relacionados
Política

Biden promete assinar decretos sobre pandemia, economia e outros no dia de sua posse

Política

"Biden vai trazer luz. E os americanos não quererão voltar à escuridão com Trump"

DesportoMundo

Campeão olímpico norte-americano acusado por invasão ao Capitólio

MundoPolítica

Chance de Trump perdoar a si mesmo ganha urgência na semana final

Assine nossa Newsletter