PS mantém fosso de 13 pontos para o PSD. CDS próximo da irrelevância - Plataforma Media

PS mantém fosso de 13 pontos para o PSD. CDS próximo da irrelevância

Dois maiores partidos em trajetória de subida na sondagem da Aximage para o DN, o JN e a TSF. Iniciativa Liberal também está em destaque neste mês, enquanto o PAN regista a maior quebra

Adiferença entre os dois maiores partidos continua a ser grande, mas PS (38,5%) e PSD (25,4%) estão em alta, subindo mais de um ponto relativamente a novembro, de acordo com a mais recente sondagem da Aximage para o DN, o JN e a TSF. Destaque ainda para o crescimento da Iniciativa Liberal (3,5%), para a queda do PAN (4,7%) e para o virtual desaparecimento do CDS (0,3%).

O mês de dezembro trouxe boas notícias para os socialistas. O PS não parece sofrer com o escândalo do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (o ministro paga a fatura, com dois terços dos portugueses a defenderem a sua saída), com a restruturação da TAP (o país está dividido entre pagar o preço ou deixar falir) ou com os sucessivos recordes de mortes causadas pela pandemia. De acordo com a sondagem, sobe 1,3 pontos percentuais de um mês para o outro, chega ao melhor resultado dos últimos quatro meses e continua a valer sozinho mais do que a soma dos partidos de direita.

Uma direita para a qual o mês de dezembro também foi relativamente pródigo (a exceção é o CDS). O PSD, por exemplo, recupera um ponto e meio e atenua um pouco a escorregadela de novembro (perdeu três pontos nessa altura), e está agora rigorosamente na média de resultados dos últimos cinco barómetros da Aximage (25,4%). O lado menos positivo para Rui Rio é que continua a mais de dois pontos do que conseguiu nas últimas legislativas e 13 pontos abaixo dos socialistas.

Leia mais em Diário de Notícias

Artigos relacionados
EconomiaPolítica

Costa aponta 2021 como ano "decisivo para Portugal"

Assine nossa Newsletter