PSP e GNR desentendem-se quanto ao transporte de vacinas em Évora - Plataforma Media

PSP e GNR desentendem-se quanto ao transporte de vacinas em Évora

A PSP e a GNR desentenderam-se esta segunda-feira, em Évora, acerca de qual das duas forças tem a responsabilidade de fazer a escolta às carrinhas que transportam as vacinas contra a covid-19.

O insólito incidente ocorreu junto ao Hospital de Évora, depois de a carrinha que transportava as doses destinadas a esse estabelecimento, vinda de Coimbra, ter descarregado o material. Segundo a TVI, a PSP terá depois bloqueado a carrinha da GNR que fazia a escolta, impedindo-a de sair. O Ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, já pediu um inquérito urgente ao incidente.

O episódio terá ocorrido devido a um conflito de interesses, já que, por um lado, a escolta do transporte das vacinas está a cargo da GNR mas, por outro, a PSP detém a jurisdição nos meios urbanos.

O bloqueio acabou por atrasar o transporte das vacinas para os hospitais do Baixo Alentejo e do Algarve. A situação ter-se-á resolvido após as hierarquias das forças policiais terem decidido que ambas fariam a escolta da carrinha de transporte das vacinas.

Leia mais em Jornal de Notícias

Artigos relacionados
PortugalSociedade

Portugal com mais 2093 casos e 58 mortos por covid-19

PortugalSociedade

Segundo lote com 70.200 doses de vacinas já chegou a Portugal

Portugal

Detetados 18 casos da nova estirpe na Madeira. Um proveniente de Lisboa e Vale do Tejo

Assine nossa Newsletter