Estudo chinês: Fumadores têm mais probabilidades de viver na pobreza - Plataforma Media

Estudo chinês: Fumadores têm mais probabilidades de viver na pobreza

De acordo com um estudo divulgado pela Beijing Normal University (BNU), quem fuma tem maior probabilidade de ser pobre ou acabar na pobreza.

O estudo analisou cerca de 4.794 pessoas com mais de 40 anos e 2.409 famílias em áreas subdesenvolvidas de oito províncias – Hebei, Heilongjiang, Shandong, Henan, Hubei, Sichuan, Guizhou e Shaanxi.

A taxa de pobreza familiar entre os fumadores é de 23,61 por cento, quase o dobro da percentagem de 13,81 por cento entre os não fumadores, de acordo com o estudo realizado pela Escola de Desenvolvimento Social e Políticas Públicas do BNU.

“Conduzimos o estudo para descobrir se o cigarro causa doenças que levam a maiores encargos financeiros”, disse o professor Jin Chenggang, que liderou o estudo.

Leia mais em inglês no Shanghai Daily

Este artigo está disponível em: English

Artigos relacionados
BrasilSociedade

Sem auxílio emergencial, Brasil deve ter mais de 20 milhões em pobreza extrema

MacauSociedade

Estudo sobre discriminação publicado em revista internacional

LifestyleSociedade

Estudo identifica artigos de desporto que podem conter substâncias cancerígenas

MundoSociedade

Covid-19: Perda de olfato atinge mais os doentes ligeiros

Assine nossa Newsletter