Nova estirpe do SARS-CoV-2 parece mais transmissível, mas não deve afetar vacinas - Plataforma Media

Nova estirpe do SARS-CoV-2 parece mais transmissível, mas não deve afetar vacinas

Variantes de vírus são normais, mas formas de prevenção são as mesmas

A nova linhagem do novo coronavírus detectada na semana passada no Reino Unido –e que levou o premiê Boris Johnson a decretar lockdown em Londres no último dia 19 e mais de 40 países a suspenderem voos para o território britânico– é potencialmente mais transmissível que a versão atual.

Os cuidados para prevenir a infecção, porém, não mudam, a eficácia das vacinas não deve ser afetada, e a linhagem não aparente ser mais letal, afirmam especialistas.

Leia mais em Folha de S.Paulo.

Artigos relacionados
MundoSociedade

Coreia do Sul pretende alcançar “imunidade de grupo” em Novembro

CulturaLusofonia

Associação de Macau desafia comunidades lusófonas a retratarem pandemia

MacauSociedade

Vacinação gratuita em Macau abrange TNR e estudantes de fora

MundoPolítica

Atraso da vacina nos países mais pobres ameaça economias desenvolvidas

Assine nossa Newsletter