Novo caso de violência. Cabo-verdiano acusa o SEF de agressões na sexta-feira - Plataforma Media

Novo caso de violência. Cabo-verdiano acusa o SEF de agressões na sexta-feira

O SEF garante que foi utilizada a “força estritamente necessária” para controlar o cabo-verdiano no Aeroporto de Lisboa.

Numa altura em que ainda ferve a polémica com a morte de Ihor Homenyuk, um cidadão cabo-verdiano acusa o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) de violência, nas instalações do Centro de Instalação Temporária do Aeroporto de Lisboa, na sexta-feira.

O caso foi denunciado esta noite pelo jornal Público. Em comunicado enviado ao jornal, e também à TSF, o SEF reconhece que foi usada força, mas não mais do que a estritamente necessária.

O cabo-verdiano de 28 anos, Gilson Pereira, é claro na descrição que faz ao Público. Diz que lhe amarraram os pés, meteram-no em cima de uma cadeira de rodas, caiu no chão e depois meteram-lhe o joelho no pescoço. Gilson Pereira diz que “nenhum cão merece o que lhe fizeram”.

Leia mais em TSF

Related posts
Portugal

Diretor do SEF reconhece que havia armas não registadas

ChinaEconomia

Vistos 'gold': Investimento chinês recua 28% em 2020 para 158,8 ME

PortugalSociedade

Declarações sobre reestruturação do SEF foram um "erro" e um "descuido bondoso"

PortugalSociedade

SEF já pagou indemnização à viúva de Ihor

Assine nossa Newsletter