Funcionários de distribuidoras morrem de cansaço na Coreia do Sul - Plataforma Media

Funcionários de distribuidoras morrem de cansaço na Coreia do Sul

O excesso de trabalho já matou, pelo menos, 15 trabalhadores de distribuidoras sul-coreanas. Impulsionado pela pandemia de Covid-19, a Coreia do Sul está a atravessar um período de grande prosperidade nas vendas online. Contudo, o crescimento está a causar graves danos na saúde dos profissionais, que fazem turnos de mais de 10 horas para entregar encomendas a tempo.

A denúncia é feita por sindicatos e familiares dos falecidos – a maior parte eram motoristas das empresas de entregas que insistem que os trabalhadores estão a morrer de “kwarosa”, termo coreano para morte repentina causada por trabalharem até à exaustão.

Os sindicatos sublinham que a falta de proteção legal destes trabalhadores que fazem turnos de 68 horas semanais e que não têm seguros, contribui para esta taxa tão alta.

Leia mais em Jornal de Notícias.

Artigos relacionados
MundoPolítica

Irmã de Kim Jong-un chama as autoridades da Coreia do Sul de "idiotas"

MundoPolítica

Líder norte-coreano quer rever laços com Coreia do Sul e reforçar relações externas

Angola

Empresas angolanas têm oportunidades de negócios na Coreia do Sul

ChinaSociedade

Empresário e produtor chinês Lin Qi morto com suspeitas de envenenamento

Assine nossa Newsletter