Projeto ensina isolamento seguro a pacientes com covid-19 em favelas - Plataforma Media

Projeto ensina isolamento seguro a pacientes com covid-19 em favelas

Entidades oferecem diversos tipos de apoio para combate e tratamento da covid-19 em favelas.

Quando foi diagnosticado com covid-19, a preocupação de Willian Luiz Victor, 24 anos, era não transmitir o vírus para a família. Ele mora em Nova Holanda, no Complexo da Maré, na Zona Norte do Rio de Janeiro. Em casa, além dele, moram sete pessoas. Foi graças às orientações e ao acompanhamento que recebeu dos integrantes do projeto Conexão Saúde: de olho na covid! que conseguiu fazer um isolamento seguro.

“Fiquei preocupado com a minha família. Vieram fazer o teste e felizmente, ou infelizmente, só eu que fiquei com covid. Eles testaram negativo”, diz. Victor precisou ser acompanhado por três semanas, tanto remotamente por teleconsultas, quanto por agentes de saúde que fizeram visitas presenciais. Ele recebeu uma série de orientações sobre como adaptar a casa e a rotina. Entre elas, está o uso de máscara dentro de casa, a higienização do local e o distanciamento dos demais moradores.

O projeto, em curso há três meses, é uma ação inédita, realizado em parceria com a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), Redes da Maré, SAS Brasil, Dados do Bem, União Rio e Conselho Comunitário de Manguinhos, com financiamento do Todos pela Saúde.

Juntos, eles oferecem aos moradores da Maré desde testes e orientações para combater a pandemia de covid-19, acompanhamento médico remoto, apoio psicológico e visitas presenciais a produtos de limpeza, alimentos e outros itens necessários para que os doentes possam se recuperar sem segurança e não contribuam para a propagação do vírus.

A intenção é que o projeto possa ser replicado em outras comunidades, servindo de referência para a oferta dos serviços nesses locais. “Eu acho que estamos tentando desenvolver esse modelo de vigilância em saúde nesse momento de pandemia, um experimento que estamos fazendo, temos aprendizados que pode ser usado em outras localidades. Esse tripé testagem, monitoramento e isolamento é algo que a gente percebe que funciona”, diz, Luna. Mais informações sobre o projeto estão disponíveis na internet.

Segundo Rangel, o Conexão Saúde pode servir como modelo para ações em comunidades. Em agosto, a Assembleia Legislativa (Alerj) aprovou a destinação de R$ 20 milhões para o desenvolvimento e implementação do Plano de Enfrentamento da covid -19 nas Favelas. O plano foi elaborado por um conjunto de entidades da sociedade civil e instituições de ensino superior. A Fiocruz foi definida como instituição receptora do orçamento, que será gerenciado em colaboração com organizações dos próprios territórios contemplados e universidades. Os recursos, de acordo com Rangel ainda não foram liberados.

Este artigo está disponível em: English

Artigos relacionados
BrasilSociedade

População negra morre mais por conta da Covid-19 no Brasil

BrasilSociedade

87% dos moradores de favelas brasileiras conhecem alguém com Covid-19

MundoSociedade

Número global de mortos por Covid-19 ultrapassa um milhão

Sociedade

Crise sanitária do novo coronavírus faz surgir novas favelas no Brasil

Assine nossa Newsletter