Brasil, EUA e UE não reconhecem eleições na Venezuela - Plataforma Media

Brasil, EUA e UE não reconhecem eleições na Venezuela

O resultado das eleições parlamentares da Venezuela, realizadas no último domingo (6) e que garantiu o poder da Assembleia Nacional ao presidente Nicolás Maduro, não foi reconhecido pela União Europeia, Estados Unidos, Brasil e mais um grupo de 15 países da América.   

Nesta segunda-feira (7), os governos do Brasil e de outros 15 países, originalmente organizados no chamado Grupo de Lima, informaram que o pleito não teve garantia “de liberdade, segurança e transparência” e aconteceu “sem integridade dos votos, participação de todas as forças políticas ou observação internacional”.   

O documento foi assinado por Brasil, Canadá, Chile, Colômbia, Costa Rica, Equador, El Salvador, Guatemala, Guiana, Haiti, Honduras, Panamá, Paraguai, Peru, República Dominicana e Santa Lúcia.   

Leia mais em Istoé

Este artigo está disponível em: English

Artigos relacionados
MundoPolítica

Guaidó denuncia "fraude consumada" e diz que parlamento continuará em funções

MundoPolítica

Eleição na Venezuela deve fortalecer Maduro e acabar com ciclo de Guaidó como líder opositor

Política

Venezuelanos vão domingo às urnas para renovar o parlamento

Opinião

Quando sair à rua e raptar alguém se torna banal

Assine nossa Newsletter