Ana Gomes tomou vacina da gripe "proibida" - Plataforma Media

Ana Gomes tomou vacina da gripe “proibida”

Ana Gomes admitiu que tomou uma vacina contra a gripe, trazida de França por uma amiga. O Infarmed já disse que a atitude da candidata às eleições presidenciais “não tem suporte legal” e que a toma da vacina, daquela forma, é proibida

Um desabafo de Ana Gomes nas redes sociais acabou por revelar que a candidata às eleições presidenciais de 24 de janeiro poderá ter cometido uma ilegalidade. Ana Gomes revelou, no Twitter, que tomou uma vacina contra a gripe, trazida de França por uma amiga, depois de esperar três meses que aquela vacina estivesse disponível na farmácia onde a encomendou.

“Farta de esperar disponibilidade em farmácia onde me inscrevi em setembro, acabei por tomar vacina contra a gripe, trazida por uma amiga de França. Pior de tudo foi ouvir da farmacêutica que há vacinas, mas reservadas para certas pessoas de certas empresas, que as compram. Como é que é DGSaúde?”, escreveu Ana Gomes, no Twitter, provocando uma onda de protestos.

Leia mais em Jornal de Notícias

Artigos relacionados
BrasilPolítica

Bolsonaro volta a questionar eficácia das vacinas contra a covid-19

MundoPolítica

OMS África critica acumulação de vacinas nos países ricos

Brasil

Vacinação no Brasil: 16 estados já começaram; 11 iniciam imunização nesta terça

BrasilSociedade

Primeira indígena vacinada no Brasil tem 50 anos e é técnica em enfermagem

Assine nossa Newsletter