Portugueses apoiam restrições às viagens no Natal e Ano Novo - Plataforma Media

Portugueses apoiam restrições às viagens no Natal e Ano Novo

Maiores defensores de travão às viagens e reuniões familiares no período de festas são os mais velhos (85%). Proibições deste fim de semana também são bem aceites.

“Sim” ao estado de emergência (67%), “sim” à proibição de sair do concelho de residência (57%) e ao recolher obrigatório (67%) nos dois fins de semana prolongados de dezembro. E um “sim” ainda mais rotundo a restrições que dificultem as viagens e reuniões familiares no Natal (71%) e no Ano Novo (78%).

De acordo com o barómetro da Aximage para o JN e a TSF, os portugueses estão preparados para sacrificar o período de festas deste ano. Se o número de casos continuar elevado durante os próximos dias, a noite de Natal deverá ser passada longe da família mais alargada: 71% acham que o Governo deve impor restrições, em particular os inquiridos com 65 ou mais anos (82%) e os habitantes da região Norte (75%). No caso das comemorações do Ano Novo, o apoio às restrições é quase unânime nestes dois grupos: 90% por parte dos mais velhos e 87% dos habitantes do Norte.

Leia mais em Jornal de Notícias

Artigos relacionados
PolíticaPortugal

"Não vamos poder ter um Natal igual ao dos anos anteriores"

PortugalSociedade

Mais de metade portugueses está a "repensar" o Natal e a reduzir gastos para cerca de metade

Assine nossa Newsletter