Jovem morto na manifestação do dia 11 de Novembro vai hoje a enterrar - Plataforma Media

Jovem morto na manifestação do dia 11 de Novembro vai hoje a enterrar

Passados 18 dias após a morte de Inocêncio Matos, finalmente será realizado o enterro. A família diz estar ultrapassado o diferendo que os opunha à PGR que consistia na realização de uma segunda autópsia com a presença de um advogado, médico e fotógrafo indicado pela respectiva família

O pai do malogrado, Alfredo Matos, garantiu a O PAÍS que ficou ultrapassado o diferendo com a Procuradoria-Geral da República (PGR) e que permitiu a realização da segunda autópsia, de modos a realizar-se o funeral. Alfredo Matos garantiu que a família vai realizar o funeral hoje, no cemitério da Mulemba (vulgo 14), às 10h, pelo facto de verem atendidas as suas reclamações, volvidos 18 dias desde a morte do filho, tendo remetido mais detalhes sobre o processo ao advogado Zola Bambi. Este saudou o facto de a PGR ter aceite o pedido da família em realizar a autópsia na presença dos elementos acima citados.

“Os entraves surgidos em virtude do nosso pedido que, felizmente, foram ultrapassados. Por isso, realizámos os exames do corpo ontem com a expectativa das duas partes”, disse. Zola Bambi garantiu que a realização das autópsias não inibirão os advogados de acompanhar o processo para que se chegue a verdade e serem encontrados os culpados pela morte do jovem de 26 anos, estudante do 3.°ano de Engenharia Informática.

Leia mais em O País

Artigos relacionados
AngolaPolítica

"Há brancos maus, mas também há pretos maus, há pretos muito maus”

AngolaPolítica

João Lourenço: "Manifestações não têm de acabar em violência"

AngolaPolítica

Angolanos voltam aos protestos desta vez sem incidentes

AngolaSociedade

"Manifestação não é motivo para assassínio", diz pai de jovem morto em Luanda

Assine nossa Newsletter