Autópsia preliminar a Maradona confirma causa da morte e revela doença crónica no coração - Plataforma Media

Autópsia preliminar a Maradona confirma causa da morte e revela doença crónica no coração

Exames constatam que ex-jogador morreu de insuficiência respiratória aguda

O dia 25 de novembro de 2020 ficou marcado na história do mundo. O dia em que o futebol perdeu Diego Armando Maradona, que faleceu em Buenos Aires aos 60 anos. No início da madrugada de quinta-feira (26), relatórios preliminares da autópsia do craque argentino constataram a causa de sua morte.

De acordo com as informações do exame, Diego Maradona morreu por insuficiência cardíaca aguda. Além disso, foi constatado que o argentino era um paciente com cardiomiopatia dilatada e insuficiência cardíaca congestiva, uma doença crônica no músculo do coração, que causou um grave edema pulmonar.

Leia mais em IstoÉ.

Related posts
Lifestyle

Seis questões que deve abordar antes de arriscar ficar de luto

DesportoPortugal

"Se forem sócios do FC Porto serão alvo de processo disciplinar para serem expulsos"

DesportoPortugal

Portugal-Espanha a 27 de setembro com lotação esgotada

MundoPolítica

O mal-amado Carlos sucede à "rocha" britânica Isabel II

Assine nossa Newsletter