Espanha vai vacinar primeiro idosos e funcionários de lares - Plataforma Media

Espanha vai vacinar primeiro idosos e funcionários de lares

A Espanha vacinará primeiro as pessoas que vivem e trabalham em lares de idosos, um grupo duramente afetado pela pandemia do coronavírus, segundo um plano anunciado esta terça-feira pelo governo

De acordo com o plano do governo espanhol, as vacinas anti Covid-19 começarão a ser distribuídas em janeiro, a depender da sua autorização. À medida que forem chegando as vacinas a Espanha, os grupos mais vulneráveis da população serão imunizados, como o pessoal do setor da Saúde e as pessoas dependentes.

“Na primeira etapa vamos focar-nos nas pessoas mais vulneráveis, o que seria um grupo de cerca de 2,5 milhões de pessoas”, disse o ministro da Saúde espanhol, Salvador Illa, numa conferência de imprensa.

“Será uma vacina gratuita que será administrada através do sistema nacional de saúde” e a sua aplicação “será voluntária”, afirmou o ministro.

O governo não divulgou um número oficial, mas de acordo com o esboço de um grupo de trabalho sobre esses centros publicado pelo jornal El País, entre março e junho mais de 20.000 pessoas morreram em lares para idosos e deficientes, número que inclui casos comprovados de covid e falecidos com sintomas compatíveis.

Em algumas regiões, como Madrid, os tribunais estão a analisar denúncias de suposta má administração de lares de idosos.

O plano de vacinação visa imunizar “uma parte muito significativa da população” durante o primeiro semestre de 2021, segundo o presidente do governo, o socialista Pedro Sánchez. 

A Espanha terá doses suficientes durante 2021 para vacinar toda a sua população de 47 milhões de pessoas, explicou o ministro Illa.

Oficialmente, a Espanha registou quase 1,6 milhão de casos e mais de 43.000 mortes, mas este último número inclui apenas as mortes por covid confirmadas

Artigos relacionados
MundoPortugal

Espanha vai exigir teste negativo à covid-19 a países de risco e Portugal está incluído

MundoSociedade

Conheça as diferentes estratégias de confinamento na Europa

MundoSociedade

Espanha com máximo diário de 23 580 casos. Estado de emergência prolongado até maio

Assine nossa Newsletter