Novo reforço orçamental retira 8,1 mil milhões de patacas à reserva financeira de Macau - Plataforma Media

Novo reforço orçamental retira 8,1 mil milhões de patacas à reserva financeira de Macau

Em vez de 20 mil milhões, o Governo vai propor à Assembleia um reforço de 8,1 mil milhões de patacas ao orçamento para suportar as despesas diárias até ao final do ano. O secretário para a Economia e Finanças indicou que não haverá cortes salariais na função pública

OGoverno vai propor à Assembleia Legislativa (AL) um reforço de 8,157 mil milhões de patacas do orçamento de 2020, com carácter de urgência. O montante, que vai sair da reserva financeira da RAEM, tem como objectivo colmatar despesas diárias do Governo que já estavam previstas e ser usado junto da população, explicou o secretário para a Economia e Finanças, de acordo com um comunicado do Gabinete de Comunicação Social. Esta é a terceira alteração ao orçamento deste ano.

O montante divulgado na sexta-feira é inferior ao previsto. Em Outubro, o Chefe do Executivo anunciou que planeava injectar mais 20 mil milhões de patacas da reserva financeira. Na nota, indica-se que o secretário Lei Wai Nong explicou que com a retoma dos vistos de entrada em Macau para visitantes do Interior da China, os primeiros sinais de recuperação das receitas do jogo, bem como uma redução das despesas dos serviços públicos, levaram o Governo a “ajustar adequadamente o equilíbrio da balança entre despesas e receitas”.

Leia mais em Hoje Macau.

Artigos relacionados
AngolaEconomia

Angola avalia deixar de gastar por ano 83,5 milhões de euros em instituições internacionais

PolíticaPortugal

PAN abstém-se e garante aprovação da proposta do Governo para OE2021

AngolaEconomia

Angola elogiada por ter contribuições em dia

ChinaEconomia

Macau aprova orçamento para 2021 com injeção extraordinária de 2,8 mil ME

Assine nossa Newsletter