Mais de metade portugueses está a "repensar" o Natal e a reduzir gastos para cerca de metade - Plataforma Media

Mais de metade portugueses está a “repensar” o Natal e a reduzir gastos para cerca de metade

Portugueses preparam-se para gastar menos nas refeições de Natal e Passagem de Ano, maioria vai assinalar a casa as celebrações em casa em vez de restaurante ou hotel.

A pandemia, e o aumento crescente de casos de infeção que tem imposto uma mancha vermelha de medidas restritivas por todo o país, está a levar os portugueses a repensar as épocas festivas. Este ano 71% pensa fazer a ceia de Natal em casa – há um ano apenas 44% o fazia – e 81% celebrar a passagem do 2020 em sua casa, quando em 2019 essa foi a opção para apenas 51% dos inquiridos, de acordo com o estudo Christmas 2020 Unboxing: Estudo comportamental do impacto COVID na população portuguesa”, desenvolvido pela UPPartner, em parceria com a Amint e a Multidados. Os portugueses estimam ainda reduzir gastos para cerca de metade.

“Os portugueses estão a antecipar, por iniciativa própria, medidas restritivas nas épocas festivas”, refere o estudo realizado este mês, junto a 500 pessoas, 47,2% homens e 52,8% mulheres, com idades entre os 20 e os mais de 65 anos, residentes em Portugal Continental, visando analisar como os portugueses estão a preparar o seu Natal e a sua Passagem de Ano em tempos de pandemia, considerando as medidas de distanciamento social e restrição no número de pessoas.

Leia mais em Dinheiro Vivo

Artigos relacionados
PolíticaPortugal

Governo diz que apoios "não irão ficar-se por dia 31 de dezembro" mas é preciso aprovar OE

PortugalSociedade

Recorde de internados em UCI em dia com 4044 infetados e 74 mortes

MundoSociedade

Concentração recorde de CO2 na atmosfera apesar de confinamentos por covid-19

PortugalSociedade

Reportagem: A logística para a distribuição da vacina em Portugal

Assine nossa Newsletter