Inglaterra sairá do confinamento a 2 de dezembro - Plataforma Media

Inglaterra sairá do confinamento a 2 de dezembro

O governo inglês confirmou este sábado que o confinamento instaurado no país por quatro semanas não será prolongado além de 2 de dezembro.

Boris Johnson não tenciona prolongar o confinamento nacional além das quatro semanas, confirmou este sábado o governo inglês confirmou hoje que o confinamento instaurado no país por quatro semanas. Dia 2 de dezembro, a Inglaterra regressará às restrições locais para limitar a propagação da segunda vaga do novo coronavírus.

Na próxima segunda-feira, o primeiro-ministro, Boris Johnson, “confirmará que o confinamento nacional terminará a 2 de dezembro e indicará como a Inglaterra irá regressar a um plano de restrições locais dividido em três níveis”, foi anunciado num comunicado emitido por Downing Street.

Este plano voltará a aplicar os três níveis já existentes antes do confinamento, mas várias zonas serão colocadas no patamar acima para manter a propagação sob controlo e preservar o que foi conseguido com o confinamento.
O documento será discutido e aprovado no domingo, durante a reunião do governo, e apresentado na segunda-feira no parlamento.

“Os ministros anunciarão na próxima quinta-feira qual o nível de restrição em que cada região será colocada”, adianta o comunicado.

No Reino Unido, onde foram registadas mais mortes na Europa (54 625) devido ao novo coronavírus, cada província irá decidir a respetiva estratégia para responder a esta crise sanitária.

Leia mais em Diário de Notícias

Artigos relacionados
EconomiaMundo

Boris Johnson anuncia investimento inédito na área da Defesa desde a Guerra fria

EconomiaMundo

Reino Unido vai proibir venda de automóveis a diesel e gasolina a partir de 2030

MundoPolítica

Boris Johnson decreta o fecho dos "pubs" em Liverpool

DesportoMundo

Clubes ingleses investiram 995 milhões em Portugal

Assine nossa Newsletter