Bolsonaro ameaça Biden: "Quando acaba a saliva tem de ter pólvora" - Plataforma Media

Bolsonaro ameaça Biden: “Quando acaba a saliva tem de ter pólvora”

Há quatro dias sem reconhecer o Presidente eleito dos Estados Unidos, o democrata Joe Biden, Bolsonaro disse que há ‘malandros’ de olho na riqueza do Brasil e que não é ‘preciso usar a pólvora, mas saber que tem’

Sem reconhecer a vitória do democrata Joe Biden nas eleições presidenciais dos Estados Unidos há quatro dias, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse nesta terça-feira (10) que “tem que ter pólvora” para fazer frente a candidato a chefe de Estado que quer impor sanção por causa da Amazônia.

“Todo mundo que tem riqueza não pode dizer que é feliz, não, tem que tomar cuidado com a riqueza, porque está cheio de malandro de olho nela. E o Brasil é um país riquíssimo”, disse o presidente.

“Assistimos há pouco um grande candidato à chefia de Estado dizer que se eu não apagar o fogo da Amazônia levanta barreiras comerciais contra o Brasil. E como é que podemos fazer frente a tudo isso? Apenas a diplomacia não dá, não é, Ernesto [Araújo, chanceler]? Quando acaba a saliva, tem que ter pólvora, senão, não funciona”, continuou Bolsonaro.

Bolsonaro não citou Biden, presidente eleito dos Estados Unidos. Durante o primeiro e caótico debate presidencial com Donald Trump, então candidato à reeleição, Biden disse que “a floresta tropical no Brasil está sendo destruída”.

Leia mais em Folha de S.Paulo

Artigos relacionados
Brasil

Derrota de Trump deixa Bolsonaro com poucos aliados nas Américas

BrasilFuturo

Com Bolsonaro no poder, emissões crescem por causa do desmatamento da Amazónia

BrasilMundo

Bolsonaro está "com o coração nas mãos" por causa do amigo Trump

BrasilPolítica

Bolsonaristas alvos de inquéritos do STF espalham fake news contra Biden

Assine nossa Newsletter