Sem confinamento geral, mas com restrições à circulação e horários reduzidos - Plataforma Media

Sem confinamento geral, mas com restrições à circulação e horários reduzidos

O Governo vai reunir-se no sábado, num Conselho de Ministros extraordinário, tendo em vista novas restrições para combater a pandemia. Numa altura em que vários países europeus adotam um novo confinamento, a líder parlamentar do PS não antecipa a medida em Portugal.

Ana Catarina Mendes prevê restrições territoriais nos concelhos com maior número de infetados. “Não é um confinamento como tivemos em março, é uma limitação à circulação das pessoas, para que não haja aglomerados. Será uma tentativa para que as pessoas fiquem a trabalhar a partir de casa”, afirma no programa Circulatura do Quadrado, da TSF.

Ana Catarina Mendes adianta ainda que as escolas continuarão abertas, “para se manter a tranquilidade da vida”, mas em horários reduzidos.

“Estando nós em estado de calamidade para todo o país, tendo a imaginar que no próximo sábado sejam tomadas algumas medidas desta natureza, para os concelhos onde a situação está pior.”

Questionada se Portugal pode estar perante um novo confinamento geral, Ana Catarina Mendes lembra que as medidas são tomadas com o evoluir da situação, mas reafirma que não antecipa, para já, um novo confinamento.

Leia mais em TSF

Artigos relacionados
EconomiaPortugal

Portugal é o terceiro maior parceiro de desenvolvimento de Timor-Leste em 2021

PolíticaPortugal

Marcelo promulga diploma que alarga isenção nas taxas moderadoras

PolíticaPortugal

Conselho de Ministros extraordinário no sábado para conter pandemia

PortugalSociedade

ARS de Lisboa e hospitais privados sem acordo para tratar doentes covid-19

Assine nossa Newsletter