Combustível de navio espanhol afundado pode causar catástrofe ambiental - Plataforma Media

Combustível de navio espanhol afundado pode causar catástrofe ambiental

O navio pesqueiro espanhol “Figaro” afundou no passado dia 23 na costa do Lobito, província de Benguela, com 380 mil litros de combustível no seu interior.

O ambientalista Isaac Sassoma afirmou que, caso o combustível não seja retirados o mais rápido possível, pode vazar, provocando uma catástrofe ambiental.

Segundo o especialista, que falava à Angop, um derrame pode afectar negativamente a costa do Lobito, contaminando as águas do mar e provocando a morte de espécies que habitam naquela zona. “Nesse tipo de acidentes, as autoridades têm que intervir com celeridade, para se evitar o pior”, alertou.

Por seu turno, o director provincial de Benguela das Pescas, José Gomes, informou que o sector está a ver tecnicamente como resgatar o combustível, mesmo debaixo da água. “O combustível está dentro de um depósito e, segundo especialistas, há probabilidade de o retirarmos sem causar danos ao ambiente marinho”, referiu.

Leia mais em Jornal de Angola

Este artigo está disponível em: 繁體中文

Artigos relacionados
AngolaPolítica

General da UNITA: “Sobrevivíamos da captura de armas quando atacávamos os portugueses”

AngolaEconomia

Angola e Portugal eliminam dupla tributação

AngolaPolítica

Presidente da UNITA acusa governo de usar a covid-19 para esconder debilidades

MundoPolítica

Amigos de Angola pedem a João Lourenço que liberte manifestantes detidos

Assine nossa Newsletter