Mãe que abandonou bebé no lixo condenada a nove anos de prisão

Mãe que abandonou bebé no lixo condenada a nove anos de prisão efetiva

A mulher que abandonou o filho recém-nascido num caixote do lixo na zona de Santa Apolónia, em Lisboa, em novembro de 2019, foi hoje condenada a nove anos de prisão efetiva, por tentativa de homicídio qualificado.

O Tribunal Central Criminal de Lisboa, no Campus da Justiça, considerou ter ficado provado que a arguida tinha intenção de matar o bebé.

Em 7 de outubro, o Ministério Público (MP) pediu “uma pena de prisão não inferior a 12 anos” para Sara Furtado.

No julgamento, o MP considerou que a arguida, acusada de tentativa de homicídio qualificado, atuou de forma premeditada, tendo escondido a gravidez da família, do namorado e de outros sem-abrigo que, como ela, viviam em tendas junto a uma discoteca em Santa Apolónia.

Leia mais em Diário de Notícias

Artigos relacionados
Lifestyle

Bebé do cantor John Legend e da modelo Chrissy Teigen morre durante o parto

ChinaSociedade

Professora chinesa condenada à morte por envenenar crianças

PortugalSociedade

"Ó preto, para quieto": era assim que diretora de creche acusada de maus tratos falava com um bebé

PortugalSociedade

Morreu uma bebé de quatro meses com covid-19 em Portugal

Assine nossa Newsletter