Robinho se diz perseguido pela Globo como Bolsonaro e diz que vai marcar gol e homenagear presidente - Plataforma Media

Robinho se diz perseguido pela Globo como Bolsonaro e diz que vai marcar gol e homenagear presidente

Interceptações telefônicas mostraram jogador fazendo comentários jocosos sobre caso de violência sexual

Em áudios enviados pelo aplicativo WhatsApp a amigos, o jogador Robinho, 36, se diz perseguido pela Rede Globo e se compara ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido), que, segundo ele, teria sido atacado pela emissora durante as eleições presidenciais de 2018.

A autenticidade dos áudios foi confirmada pela advogada do jogador, Marisa Alija.

Após intensa pressão de patrocinadores e torcedores, o Santos anunciou que o acordo que havia fechado com Robinho foi suspenso em comum acordo nesta sexta-feira (16).

Reportagem do site globoesporte.com (GE), do grupo Globo, revelou interceptações telefônicas autorizadas pela Justiça italiana tidas como fundamentais para a condenação em primeira instância de Robinho por violência sexual de grupo.

Leia mais em Folha de S. Paulo

Related posts
BrasilChina

Brasil se consolida como principal destino sul-americano de investimentos chineses

MundoPolítica

EUA impõem novas sanções contra Cuba após onda de protestos na ilha

BrasilPolítica

Covid-19: Presidente brasileiro nega crime de prevaricação no caso da vacina Covaxin

BrasilPolítica

Bolsonaro despede-se do "amigo" Netanyahu e promete permanecer ao lado de Israel

Assine nossa Newsletter