João Leão assume que não entende como é que o orçamento não possa ser aprovado - Plataforma Media

João Leão assume que não entende como é que o orçamento não possa ser aprovado

João Leão assumiu a pasta das Finanças a meio de uma pandemia que ninguém esperava e que trouxe a maior contração do PIB desde o início do século XX. Apresentou na segunda-feira o Orçamento do Estado para 2021 (OE), um documento de negociação difícil que ainda pode ser alterado no Parlamento.

Este é o orçamento que quis ter ou o que conseguiu ter?

É um orçamento bom para o país, que resulta de um compromisso entre os diferentes partidos – que é suposto apoiarem o OE. É um orçamento muito bom para o país porque é focado nas quatro grandes questões que enfrentamos. Por um lado, a pandemia. Reforça o SNS em mil milhões de euros, um aumento de 10% extraordinário do orçamento do serviço nacional de saúde (SNS). A parte importante é para dar meios adicionais de combate à pandemia. Vão ser contratados mais 4200 profissionais, além dos meios para testes, diagnósticos, equipamento de proteção individual e um conjunto de outras questões. Também é muito importante porque enfrenta três grandes questões: recuperação da economia, proteção do emprego e proteção de rendimentos – decisivo no contexto de crise.

Não é o orçamento do BE?

É um orçamento de compromisso com a visão, não só do governo e do PS sobre o que é importante nesta fase, mas também recolhendo contributos de BE e PCP sobre o que é importante nesta fase para combater a crise e a pandemia.

Leia mais em Dinheiro Vivo.

Related posts
BrasilPolítica

Gastos bilionários de dinheiro público leva a escândalo parecido com o dos anões do Orçamento

Política

Orçamento: aumento extra de pensões, mais escalões do IRS, redução do ISP

EconomiaPortugal

Corte de gorduras pode pagar 45% do custo da guerra

EconomiaMacau

Deputados criticam Governo, mas aprovam orçamento para 2022

Assine nossa Newsletter