Bolsonaro faz doação eleitoral irregular ao filho Carlos em dinheiro vivo - Plataforma Media

Bolsonaro faz doação eleitoral irregular ao filho Carlos em dinheiro vivo

O presidente Jair Bolsonaro fez uma doação irregular em dinheiro vivo para a campanha deste ano de reeleição do filho Carlos Bolsonaro para a Câmara Municipal do Rio de Janeiro. O TSE proíbe contribuições em espécie acima de R$ 1.064,10, mas o presidente depositou R$ 10 mil.

De acordo com dados disponibilizados pelo candidato ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral), o presidente fez um depósito de R$ 10 mil em espécie na conta da campanha do vereador.

A prática, da forma como descrita, contraria resolução do ano passado do TSE sobre regras para as doações eleitorais. Segundo o tribunal, contribuições em dinheiro acima de R$ 1.064,10 só podem ser feitas mediante transferência bancária ou cheque cruzado e nominal.

Procurados, o Palácio do Planalto e o vereador não comentaram o caso até a publicação desta reportagem.

Leia mais em Folha de S. Paulo

Assine nossa Newsletter