Governo desviou 7,5 milhões doados para testes Covid para programa solidário de Michelle Bolsonaro - Plataforma Media

Governo desviou 7,5 milhões doados para testes Covid para programa solidário de Michelle Bolsonaro

O governo do presidente Jair Bolsonaro desviou a finalidade de R$ 7,5 milhões doados especificamente para a compra de testes rápidos da Covid-19 e passou essa verba ao programa Pátria Voluntária, liderado pela primeira-dama, Michelle

No dia 23 de março, a Marfrig, um dos maiores frigoríficos de carne bovina do país, anunciou que doaria esse valor ao Ministério da Saúde para a compra de 100 mil testes rápidos do novo coronavírus.

Naquele momento, o Brasil enfrentava as primeiras semanas da pandemia e a falta desse material, enquanto a OMS (Organização Mundial da Saúde) orientava testar a população.

Dois meses depois, no dia 20 de maio, segundo a empresa disse por escrito à Folha, a Casa Civil da Presidência da República informou que o dinheiro seria usado “com fim específico de aquisição e aplicação de testes de Covid-19”.

No dia 1º de julho, no entanto, com o dinheiro já transferido, o governo Bolsonaro consultou a Marfrig sobre a possibilidade de utilizar a verba não mais nos testes, mas em outras ações de combate à pandemia. Os recursos foram então parar no projeto Arrecadação Solidária, vinculado ao Pátria, de Michelle Bolsonaro.

Leia mais em Folha de S.Paulo

Este artigo está disponível em: 繁體中文

Related posts
BrasilPolítica

Jair Bolsonaro, 66 anos, procura partido para relação séria

BrasilPolítica

Orçamento de 2021 ameaça Bolsonaro com mesma pedalada que derrubou Dilma Rousseff

BrasilPolítica

Orçamento de 2021 favorece programas ligados ao bolsonarismo

BrasilPolítica

Assessores de Bolsonaro na Câmara dos Deputados sacaram 72% do salário em dinheiro vivo, diz site

Assine nossa Newsletter