Ministério contratou 4406 profissionais de saúde durante a pandemia. Só 164 são médicos

Ministério contratou 4406 profissionais de saúde durante a pandemia. Só 164 são médicos

Ministra da Saúde assume que os recursos humanos são uma das prioridades para os próximos tempos. Quanto aos médicos, deverão chegar brevemente recém-especialistas às unidades de saúde, uma vez que o concurso se atrasou por causa da pandemia.

Desde o início da pandemia de covid-19, em março, foram contratados 4406 profissionais para reforçar o Serviço Nacional de Saúde (SNS). A maioria são assistentes operacionais (1779) e enfermeiros (1421). Há também mais 164 médicos (3,7% do total) a trabalhar. Já a classe com menor aumento de profissionais é a dos farmacêuticos: foram feitas nove contratações, de acordo com dados do ministério da Saúde, atualizados até à segunda quinzena de setembro.

“Foi apresentado o Plano da Saúde para o Outono-Inverno 2020-21, que tem um conjunto de ações e de medidas que estão a ser realizadas no terreno, mas ele radica também nos profissionais de saúde, sobretudo naqueles que estão afetos ao SNS”, começou por dizer a ministra da Saúde, Marta Temido, esta quarta-feira, em conferência de imprensa. Depois defendeu a evolução constante do número líquido de profissionais desde a anterior legislatura.

Segundo dados enviados ao DN pelo gabinete de Marta Temido, durante a pandemia, foram contratados: 1779 assistentes operacionais, 1421 enfermeiros, 491 assistentes técnicos, 421 técnicos superiores de diagnóstico e terapêutica, 164 médicos, 115 técnicos superiores, nove farmacêuticos e cinco informáticos.

Leia mais em Diário de Notícias

Related posts
MacauSociedade

Medidas contra pandemia em Macau devem continuar de forma “rigorosa”

PortugalSociedade

Portugal recebeu as primeiras 31.200 vacinas da Janssen que ficam a aguardar decisão

CulturaLusofonia

Livro junta 75 escritores lusófonos sobre a pandemia para promover português

MundoSociedade

Acesso partilhado às vacinas é fundamental para vencer pandemia

Assine nossa Newsletter