Questões ambientais e negacionismo afastam investidores do Brasil - Plataforma Media

Questões ambientais e negacionismo afastam investidores do Brasil

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), afirmou que a saída de investidores do Brasil acontece por conta das “questões ambientais e do negacionismo”. Segundo mostrou o Estadão/Broadcast na última semana, desde 2015, participação dos estrangeiros nos títulos de dívida pública caiu de 20,8% para 9%.

“Parte da queda desses investimentos é a falta de cuidado e de atenção com as questões ambientais e infelizmente também com as questões relativas à saúde e à proteção de uma nação contra a covid-19”, disse o governador. “O vírus não foi embora, não tirou férias e nunca foi um resfriadozinho. Como nunca foram também caboclos e índios os responsáveis pelo desastre ambiental que estamos vendo na Amazônia brasileira”, afirmou.

Doria não citou nominalmente o presidente Jair Bolsonaro, que tem recebido críticas após discurso na Assembleia Geral das Nações Unidas, na terça-feira, 22. No discurso, Bolsonaro afirmou que os incêndios no Pantanal e na Amazônia são causados por “caboclos e índios” e usados em uma “brutal campanha de desinformação” com o objetivo de atacar o governo. No Senado, o pronunciamento foi alvo de críticas tanto da bancada ruralista quanto ambientalista em união inédita.

Leia mais em Istoé

Assine nossa Newsletter