Arqueólogos descobrem complexo de piscinas milenares em Roma - Plataforma Media

Arqueólogos descobrem complexo de piscinas milenares em Roma

A descoberta de um conjunto de piscinas construídas há 2.300 anos, no século 4 a.C, nos arredores da cidade romana, impressionou arqueólogos

Arqueólogos italianos anunciaram, no último dia 10 de setembro, a descoberta de um complexo de piscinas monumentais nas proximidades de Roma, emocionando os cientistas. Construída no século 4 a.C, a edificação tem cerca de 2300 anos e fica entre a Via de Malafede e Via Ostiense, região que foi de extrema importância durante o Império Romano, por ligar Roma a Ostia. A estrutura encontrada possui mais de 48 metros de comprimento e 12 de largura. A grande dimensão do sítio arqueológico despertou a curiosidade sobre sua utilidade, visto que sua existência transcende milênios. Os pesquisadores acreditam que as piscinas fariam parte de um aqueduto para abastecer as principais cidades da região.

Segundo o jornal italiano La Repubblica, a Superintendência Especial de Roma coordena pesquisas no local desde junho de 2019 e já escavou mais de 20 mil metros quadrados. O foco dos pesquisadores é coletar o máximo de informações antes que haja uma degradação da área ou até saques promovidos por moradores da região. A sociedade romana da época em que as piscinas foram construídas tinha uma relação muito intensa com obras no setor hídrico, como a construção de aquedutos, mas os pesquisadores ainda investigam a exata função da edificação.

Leia mais em IstoÉ.

Artigos relacionados
MundoSociedade

Coronavírus circula em Itália desde setembro de 2019

MundoSociedade

Região de Nápoles passa a ser "zona vermelha" pelo coronavírus

MundoSociedade

A guerra dos camarões vermelhos entre Itália e Líbia: pescadores por futebolistas traficantes

Sociedade

Foto de enfermeira que dormiu em ambulância viraliza na Itália

Assine nossa Newsletter