Rússia pronta para vender primeiro medicamento contra a covid-19 em farmácias - Plataforma Media

Rússia pronta para vender primeiro medicamento contra a covid-19 em farmácias

Medicamento foi testado em 168 pacientes, um ensaio que aos olhos da Agência Europeia de Medicamentos seria insuficiente para aprovação.

Rússia aprovou o tratamento Coronavir da R-Pharm para pacientes com sintomas leves a moderados de covid-19. O medicamento antiviral poderá ser distribuído às farmácias do país na próxima semana, disse esta sexta-feira a empresa.

A aprovação do Coronavir como medicamento prescrito ocorre depois de a Rússia ter autorizado o Avifavir, outro medicamento contra a covid-19, em maio. Ambos são baseados em favipiravir, que foi desenvolvido no Japão e é amplamente utilizado como base para tratamentos antivirais.

O anúncio da R-Pharm é outro sinal de que a Rússia está a esforçar-se para assumir a liderança mundial no combate ao coronavírus, estando já a exportar os seus testes para detetar covid-19 e tendo já fechado vários acordos internacionais para fornecer a vacina Sputnik-V.

A R-Pharm disse que recebeu aprovação para o Coronavir após os ensaios clínicos de Fase III envolvendo 168 pacientes com covid-19. O medicamento foi inicialmente aprovado em julho para utilização em hospitais no tratamento de pacientes com covid-19, de acordo com um registo do governo.

Leia mais em Diário de Notícias

Artigos relacionados
Política

Tóquio pede a Pequim o fim de testes anais de covid em seus cidadãos

MundoSociedade

Maioria dos russos considera que o coronavírus é uma "arma biológica"

MundoSociedade

OMS diz que é prematuro e "não realista" pensar-se que a pandemia acabe este ano

Economia

Batalha pelo acesso às vacinas contra a covid divide a OMC

Assine nossa Newsletter