OSCE reduz de 500 para 30 os observadores às eleições nos EUA - Plataforma Media

OSCE reduz de 500 para 30 os observadores às eleições nos EUA

A Organização para a Segurança e Cooperação na Europa (OSCE) revelou que reduziu drasticamente, de 500 para 30, o número de observadores para as eleições presidenciais dos EUA, por causa da pandemia de covid-19.

A OSCE explica que passou meses a tentar encontrar uma solução para enviar uma numerosa delegação às eleições presidenciais dos EUA, que se realizam em 3 de novembro, considerando que se trata de uma das “mais desafiantes das últimas décadas”, o que justificava uma equipa que chegou a ser pensada para 500 pessoas.

Contudo, perante os riscos da pandemia de covid-19, que continua a progredir nos Estados Unidos a um ritmo preocupante, a OSCE decidiu limitar a equipa de observadores a 30 elementos, segundo a porta-voz da organização Katya Andrusz.

“Embora tivéssemos planeado enviar uma missão de observação eleitoral completa, os receios de segurança, bem como as contínuas restrições de viagens provocadas pela pandemia de covid-19, criaram novos problemas”, disse Andrusz, ciata pela Associated Press.

Leia mais em Jornal de Notícias

Assine nossa Newsletter