Pinto da Costa e o Governo: "Caminham para ficar na história como os carrascos do desporto nacional" - Plataforma Media

Pinto da Costa e o Governo: “Caminham para ficar na história como os carrascos do desporto nacional”

Num editorial intitulado “O futebol asfixiado”, na edição de setembro da revista Dragões, Jorge Nuno Pinto da Costa ataca o Governo pelas decisões que tem tomado e que, considera, prejudicam o desporto nacional, nomeadamente no que diz respeito à proibição do regresso parcial do público às bancadas dos estádios de futebol.

“Caminham para ficar na história como os carrascos do desporto nacional”, concluiu o presidente do F. C. Porto, dirigindo-se à classe política.

“No momento em que está prestes a arrancar uma nova temporada, os sentimentos não podiam ser mais contraditórios. O entusiasmo pelo regresso é grande, como sempre, mais ainda por ostentarmos orgulhosamente os títulos de campeão nacional e vencedor da Taça de Portugal. A vontade de voltar a entrar em campo e construir novos triunfos não podia ser maior. Mas também não é possível esconder a desilusão pela aberração que continua a ser a ausência de público nas bancadas, uma decisão que prejudica todos: os adeptos, os jogadores, os clubes, o país no seu conjunto”, notou Pinto da Costa.

Leia mais em Jornal de Notícias

Artigos relacionados
AngolaDesporto

FC Porto pode avançar para central angolano Bastos

BrasilDesporto

Manchester United aperta o cerco a brasileiro Alex Telles

DesportoPortugal

"Nalguns jogos, parece que está a haver uma reunião do Conselho de Ministros na Luz"

DesportoPortugal

Respondem a Villas-Boas: "Se não fosse o Mourinho onde andarias e quem serias?"

Assine nossa Newsletter