Governo moçambicano não pagou subsídios às Forças de Defesa em Cabo Delgado - Plataforma Media

Governo moçambicano não pagou subsídios às Forças de Defesa em Cabo Delgado

O governo moçambicano, presidido por Filipe Nyusi, ainda não pagou os subsídios prometidos aos elementos das Forças de Defesa e Segurança (FDS) que se encontram em Cabo Delgado e em outros teatros de operação no país, revela o jornal Carta de Moçambique.

Refira-se que estes subsídios foram prometidos por Filipe Nyusi numa “altura em que crescia a onda de descontentamento no seio das FDS, sendo que circulavam informações dando conta de que alguns estavam a abandonar as fileiras para juntar-se aos insurgentes em troca de valores monetários”.

“Para os jovens que atravessam as matas desta província [Cabo Delgado], alguns em Sofala e Manica, igualmente, o Governo vai ter consideração pelo sacrifício, olhando pelos tempos que eles passam, com muitas dificuldades longe das famílias. Vamos reconsiderar o subsídio de empenhamento que eles muito bem merecem e temos a consciência de que não será tudo, porque o sacrifício desses jovens não se paga com dinheiro ou com algum recurso”, disse, na altura, Filipe Nyusi.

Além das Forças de Defesa e Segurança, também estão em falta os subsídios para os profissionais de saúde que se encontram na linha da frente no combate à pandemia da Covid-19.

Artigos relacionados
MoçambiqueSociedade

Em Cabo Delgado já não se contam os mortos

MoçambiquePolítica

Portugal admite enviar militares para combater terroristas em Moçambique

MoçambiqueSociedade

Casamentos forçados aos 11 anos para famílias sobreviverem em Moçambique

MoçambiqueMundo

Cabo Delgado: Mais de 500 detidos na Tanzânia serão extraditados para Moçambique

Assine nossa Newsletter