Bolsa brasileira acumula queda e Wall Street tem melhor agosto em mais de 30 anos - Plataforma Media

Bolsa brasileira acumula queda e Wall Street tem melhor agosto em mais de 30 anos

Enquanto o S&P 500, maior índice acionário dos Estados Unidos, teve o melhor agosto desde 1986, com ganho de 7%, a Bolsa brasileira acumulou queda de 3,4% no mês, dando fim à sequência de quatro altas mensais após o tombo de mais de 30% no primeiro trimestre.

Nesta segunda-feira (31), o Ibovespa caiu 2,7%, a 99.369 pontos, e o dólar subiu 1,12%, a R$ 5,4780.

Nos EUA, a valorização das ações em agosto foi impulsionada pelas empresas de tecnologia, que tiveram resultado melhor do que o esperado pelo mercado no segundo trimestre, gerando uma expectativa de recuperação mais rápida após a crise provocada pela pandemia de Covid-19.

Nesta sessão, S&P 500 caiu 0,2% e Dow Jones, 0,8%. Nasdaq subiu 0,7%.

No Brasil, o destaque do mês foi a preocupação de investidores com a saúde fiscal do país e com a permanência do ministro da Economia, Paulo Guedes, no governo de Jair Bolsonaro, levando o real a perder valor ante o dólar.

Em agosto, a moeda americana acumulou alta de 5%. Dentre países emergentes, o real teve a maior desvalorização no mês.

Leia mais em Folha de S. Paulo

Assine nossa Newsletter