Pandemia afunda receita de taxas e multas - Plataforma Media

Pandemia afunda receita de taxas e multas

Razia é maior nos registos, multas de trânsito, execuções fiscais e portagens. Quebra até julho é de 21%.

Não foi só a receita dos impostos que sofreu forte erosão devido aos efeitos da pandemia, com o encerramento de muitos espaços e o confinamento de milhares de portugueses desde meados de março ou, nalguns casos, desde o final de maio.

O impacto na cobrança e arrecadação de receita pelo Estado também chegou à chamada receita não fiscal e não contributiva, que inclui rubricas como multas, portagens, taxas moderadoras, propinas e taxas da justiça.

Leia mais em Dinheiro Vivo

Assine nossa Newsletter