Trump volta a advertir para possíveis fraudes no voto pelo correio - Plataforma Media

Trump volta a advertir para possíveis fraudes no voto pelo correio

Presidente dos Estados Unidos foi esta segunda-feira formalmente nomeado candidato dos republicanos às eleições norte-americanas de novembro.

Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, esta segunda-feira formalmente nomeado candidato dos republicanos às eleições norte-americanas de novembro, voltou a advertir, mas sem apresentar provas, para a possibilidade de fraudes se se insistir no voto por correio.

Discursando pela primeira vez na convenção republicana, que começou esta segunda-feira os trabalhos e que abriu em Charlotte, no Estado da Carolina do Norte, Trump pediu aos eleitores para que tenham “cuidado, muito cuidado” com as irregularidades que possam cometer-se com o voto pelo correio, forma a que se terá de recorrer por causa da pandemia de covid-19.

Rodeado de bandeiras dos Estados Unidos, Trump foi recebido pelos 336 delegados presentes na sala de congressos de Charlotte com palmas e palavras de ordem como “mais quatro anos, mais quatro anos”.

“Este é o maior golpe da história e refiro-me ao mundo, não apenas a nossa nação”, afirmou Trump, que acusou os democratas de estarem a tentar “roubar” o triunfo aos republicanos.

“A única forma de os democratas nos roubarem isto [a Presidência dos Estados Unidos], é se a eleição estiver manipulada. Vamos ganhar estas eleições”, referiu.

Leia mais em Diário de Notícias

Assine nossa Newsletter